Dr. Alejandro Zoboli

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia do Pé e Tornozelo

Dr. Alejandro Zoboli

2 min para ler

Calosidades Plantares ou Calos nos Pés. O que é, quais as Causas e Como Tratar esse Problema!

O que são as Calosidades Plantares?

Diariamente, uma pessoa passa em média diversas horas em pé e dá milhares de passos. O ato de ficar em pé e de caminhar exerce uma pressão nos pés equivalente a uma vez e meia o seu peso corporal em média. Não é à toa que algumas pessoas sentem dores nos pés!

Na verdade, a maioria dos problemas mecânicos nos pés pode ser atribuída não à caminhada ou ao ato de ficar em pé, mas ao uso de sapatos inadequados, de maneira que os pés sofrem constantemente com uma sobrecarga mecânica.

Assim como ocorrem na pele das mãos, os calos plantares surgem devido a sobrecarga mecânica exercida sobre a pele dos pés. Desse modo, a pele de áreas com maior sobrecarga vão ficando espessadas e formando os calos.

Normalmente os calos plantares se desenvolvem na região plantar da frente do pé (antepé) e na região lateral do 1º e 5º dedos. Entretanto é possível e relativamente comum a formação de calos entre os dedos.

Calos nos Pés

Quais são as causas dos Calos Plantares?

As principais causas na formação de calos plantares são:

– Calçados inadequados: calçados que não se encaixam corretamente. Se os sapatos estiverem muito apertados, eles apertam o pé, aumentando a pressão. Se estiverem muito soltos, o pé pode deslizar e esfregar contra o sapato, criando atrito.

– Deformidades do dedo do pé, como dedo em martelo ou dedo em garra.

– Deformidades do pé, como pé plano e pé cavo.

– Sapatos de salto alto porque aumentam a pressão no antepé (frente do pé).

– Atrito do pé com costuras dos calçados e/ou meias.

– Algumas doenças sistêmicas.

Como fazer o diagnóstico dos Calos nos Pés?

Os calos nos pés normalmente são diagnósticados através de uma boa história clínica e de um exame físico adequado; não sendo necessário nenhum exame de imagem para diagnóstico.

Entretanto, é importantes além de fazer o reconhecimento da lesão, entender o motivo por trás da formação das calosidades.

Ou seja, é importante afastar deformidades nos pés, doenças de pele ou doenças sistêmicas e averiguar a respeito do uso de calçados e atividades físicas.

Tratamento das Calosidades Plantares.

Normalmente, boa partes dos cuidados para tratamento das calosidades plantares pode ser realizada em casa. Seguem abaixo algumas orientações:

– Mergulhe os pés em água quente regularmente e use uma pedra-pomes ou lixa para calos para suavizar e reduzir o tamanho dos calosnos pés. – Utilize cremes hidratantes regularmente. É possível o uso de cremes com uréia em sua composição, uma vez que a uréia é um agente queratolítico. Atentar-se a qualquer sinais de alergia ou irritação da pele.

– Utilize calçados firmes, bem acolchoados e amortecidos. Eviste sapatos com tecidos pouco maleáveis ou com costuras proeminentes.

– Dê preferência para meias macias e com poucas costuras.

– Caso apresente alguma deformidade nos pés, procure seu ortopedista especialista em Pé e Tornozelo para uma melhor investigação. Algumas vezes, a solução para algumas calosidades plantares pode passar por algum pequeno procedimento cirúrgico corretivo.

Fonte:

FootCareMD

Dúvidas ou Sugestões